ARTIGO

Como acumular e vender milhas - O Guia mais completo da Internet

Quando o assunto é milhas você acha que é tudo muito complicado? Que dá trabalho e tem preguiça de aprender? Sente que poderia estar ganhando muito mais, mas não sabe como? Ou gerencia e utiliza suas milhas de maneira errada?

Esse guia completo vai te explicar de uma vez por todas tudo o que você precisa saber sobre o mundo das milhas e programas de fidelidade para você começar a acumular milhas hoje mesmo!

  1. O que são milhas, pontos e quais as diferenças?
  2. Quanto custa uma milha
  3. Calcule quantas milhas você pode acumular
  4. Como saber se já tenho milhas acumuladas
  5. Como escolher um programa de fidelidade
  6. Qual o melhor cartão de crédito
  7. Cartão ou milhas? Saiba quando utilizar cada um
  8. 10 formas para acumular milhas
  9. Como usar suas milhas e pontos e aproveitar os benefícios
  10. Como vender milhas

Bônus: 

  • 5 Perguntas e Respostas que você precisa saber sobre milhas
  • Lista: Os erros mais comuns na gestão de milhas

 

O que são milhas?

Milhas nada mais são que benefícios de programas de fidelidade de empresas aéreas. 

No passado, esses benefícios eram contabilizados de acordo com a distância, em milhas, do trecho voado. No entanto, a maioria das companhias não contabilizam mais dessa forma, e sim considerando a categoria da passagem e o preço pago.

Já os pontos são benefícios de programas de fidelidade que geralmente estão associados ao consumo geral. 

Em resumo, o que diferencia pontos de milhas é que as milhas são exclusivas de programas de fidelidade de empresas aéreas.

Exemplos:

  • Utilizando um cartão de crédito Mastercard você pode acumular pontos no programa Surpreenda
  • Ao voar pela companhia Gol você pode acumular milhas no programa Smiles

 

Quanto custa uma milha?

Não existe um preço fixo para 1 Milha, pois a depender do programa de fidelidade e do serviço a ser utilizado o preço pode variar.

No exemplo abaixo, estou simulando a compra de 1000 milhas Smiles que estão custando R$ 70,00. Logo, 1 milha = 0,07 centavos.

Neste outro exemplo, a venda de 1000 milhas do programa TudoAzul pela plataforma Maxmilhas está saindo por R$ 21,63, o que significa 1 milha = 0,02 centavos.

Mas por que o preço varia tanto? O motivo se deve a uma questão de oferta e demanda. A todo instante, pessoas estão comprando e vendendo milhas em diversas plataformas, e além disso as companhias costumam fazer diversas promoções e incentivos para estimular essas negociações, o que faz o preço da milha variar ainda mais!

Dica: se for comprar milhas para vender, não tenha urgência. O preço da milha tende a diminuir no período pós promoções.

Para consultar o preço da milha você pode acessar diversas plataformas e simular, como através dessas aqui:

Calcule quantas milhas você pode acumular

Calcule agora quantas milhas você pode acumular em um ano respondendo algumas perguntas bem simples!

Como saber se já tenho milhas acumuladas

Para você acumular milhas é preciso estar cadastrado em um programa de fidelidade oferecido por uma companhia aérea. Os principais são: 

  • TudoAzul, da AZUL;
  • Smiles, da GOL;
  • LATAM Pass, da LATAM.

Assim, você pode acessar sua conta, caso já esteja cadastrado, e verificar se possui milhas acumuladas. 

Uma outra possibilidade é você possuir pontos acumulados no cartão de crédito em algum programa de fidelidade que podem ser convertidos em milhas. 

Você pode verificar isso entrando em contato com seu banco e conferindo as condições de uso do seu cartão de crédito.

Como escolher um programa de fidelidade

Para escolher o programa de fidelidade ideal você deve levar em consideração os seguintes pontos: 

  • Qual o seu objetivo?
  • O que mais importa para você?
  • Quais benefícios você quer ter? 

Por exemplo, se seu objetivo é acumular milhas para viajar mais, é importante levar em consideração a companhia área que você mais utiliza, pois assim você consegue subir de categoria mais rápido e acumular mais milhas.

Caso você tenha o objetivo de vender suas milhas, o ideal é escolher um programa que tenha o maior valor por milha e maior frequência de bonificação por transferência.

Por fim, é importante saber quais benefícios são mais importantes para você. Sala vip, tratamento vip, mais milhas, aluguel de carro, isenção de anuidade, descontos, hotéis, entre outros.

Qual o melhor cartão de crédito ?

O processo de escolha do cartão de crédito é similar ao do programa de fidelidade. Depende da sua renda, do seu objetivo, do que mais importa pra você e quais benefícios você quer ter. 

Mas um ponto importante é que alguns cartões podem exigir critérios para sua adesão, como renda mínima e bom relacionamento com o banco. 

De modo geral, é preciso ponderar seu gasto mensal no cartão, valor da anuidade, direito a dependentes, número de pontos por dólar gasto e benefícios-extra oferecidos (por exemplo, sala VIP e seguro saúde). 

Há muitas opções de cartão de crédito e certamente alguma é mais adequado ao seu perfil. Neste artigo do Melhores Destinos, há um ranking dos melhores cartões para acumular milhas que vale a pena ser conferido! Basta clicar aqui para acessar

Dica importante: cartão de crédito não é o vilão que te contaram

Apesar de ter como ponto negativo os juros altos e anuidade, os cartões de crédito podem te proporcionar fluxo de caixa e uma série de benefícios como esses aqui:

Benefícios que um cartão de crédito pode te proporcionar: acúmulo de pontos, acesso a salas VIP, internet WiFi no mundo inteiro, chip para viagem internacional, seguro viagem, seguro de compras, seguro aluguel de carro, assistência de viagem e residencial, desconto em atrações, cartões adicionais 

Veja mais: Como os cartões contabilizam os pontos:

Cartão ou Cartão ou milhas? Saiba quando utilizar cada um


10 formas para acumular milhas

Antes de falar sobre as 10 formas para você acumular milhas é preciso deixar claro alguns pontos:

  • Novas formas surgem o tempo inteiro
  • Formas antigas podem não funcionar mais
  • Busque formas análogas
  • Algumas duram anos, outras duram horas,
  • Lembre-se da filosofia principal:

  1. Viajando

Viajar é a essência do mundo das milhas. Quanto mais viagens, mais milhas acumuladas. Importante se atentar que quem pontua é o viajante e lembrar de validar no seu programa de fidelidade durante o check-in. Caso esqueça, é possível pontuar depois através do site, porém é mais trabalhoso.

Aviso: voos com milhas não pontuam

Dica importante: avalie pequenas diferenças em preços de passagens e pontuação. Pode te ajudar a acumular mais milhas e mudar de categoria

2. Usando cartão de crédito

Ter um bom cartão de crédito é uma das coisas mais importantes. Vai te permitir acumular muito mais pontos e milhas e ter outras vantagens. Se conseguir planejar suas compras, pode esperar promoções e acumular muito mais milhas.

Não tenha medo da anuidade! É importante fazer as contas quanto é necessário gastar para valer a pena. Além disso, é possível girar dinheiro no cartão de crédito sem gastar mais (vamos falar mais sobre isso em outro ponto).

Dica importante: só transfira pontos do cartão com promoção. Nunca transfira pontos sem promoção, a não ser que os pontos estejam prestes a expirar

3. Crédito Uber 

É possível comprar crédito na Uber e ganhar milhas Smiles. Se você gasta algo em torno de R$150,00 por mês de Uber, isso pode te gerar cerca de 5400 milhas no ano, o que é suficiente para pegar um trecho Rio-São Paulo, por exemplo.

4. Pagando contas 

Ao pagar boletos com cartão de crédito, você está acumulando pontos no seu programa de fidelidade. Fique atento(a) aos limites de pagamento sem taxa e os conveniados. 

Aviso: pagar boletos de bancos digitais seguem regras diferentes!

Uma outra forma é pagando contas de outras pessoas e solicitando reembolso.

5. Abastecendo o carro 

Existem dois programas que possibilitam o acúmulo de milhas ao abastecer: 

  • Km de vantagem Ipiranga: esse programa permite você acumular pontos em Km de Vantagem que podem ser utilizados para comprar milhas na própria plataforma do programa. 
  • Shell box: esse programa acumula diretamente milhas Smiles de acordo com os litros de gasolina abastecido.

6. Compras online

Ao comprar em sites parceiros como Shopping Smiles e Parceiros Livelo, você acumula milhas por real gasto. O resultado é que só por fazer a compra no lugar certo, esse benefício é ativado. Portanto quando for fazer uma compra online é sempre importante ficar atento à esses sites e suas promoções.

Exemplo:

7. Assinando clubes

Os clubes de assinatura cobram uma taxa em troca de benefícios especiais além das milhas e normalmente possuem bônus agressivos para adesão. Portanto, é importante ficar atento às oportunidades que podem valer a pena.

8. Alugando carro

Ao alugar carros você pode acumular milhas por diária/real gasto.Basta comprar nos sites parceiros, como Shopping Smiles e Livelo.

9. Reservando hotéis

A lógica é bem parecida com o aluguel de carros. Destaco o Booking que possui parceria com diversos programas de fidelidade, permitindo acumular milhas por diária/real gasto.

10. Mega promoções em e-commerces

Muitos e-commerces fazem promoções agressivas com programas de fidelidade. 

Dica importante: as melhores oportunidades estão em situações relâmpago

  • acompanhar as promoções
  • fazer contas
  • agir rápido

Como usar suas milhas e pontos e aproveitar os benefícios

  • Se cadastre nos programas e guarde bem os números
  • Escolha um bom cartão de crédito
  • Concentre gastos no cartão de crédito
  • Acompanhe as promoções
  • Crie ou participe de um grupo de milhas
  • Comece a juntar

Como vender milhas

O processo de vender milhas é bem simples, seguro e lucrativo. No Brasil, diversas empresas conceituadas já fazem essa operação de venda e normalmente você só precisa fazer uma cotação no site das empresas, recebe na hora uma mensagem  informando o valor a ser pago e se quiser, pode  fechar o negócio e ganhar dinheiro

E como é feito isso? Existem hoje alguns sites confiáveis e seguros para realização desta atividade. Eles compram suas milhas e você pode receber o valor em reais.

Estes são sites mais conhecidos e confiáveis para realizar essa transação. Os quais compram as milhas que estão acumuladas e fazem o depósito na sua conta bancária.

Lista: os erros mais comuns na gestão de milhas

  • Não se preocupar com milhas
  • Achar que vai dar a volta ao mundo usando técnicas secretas
  • Ficar muito ganancioso: cuidado com a receita federal
  • Medo de pagar anuidade
  • Não ler regulamento de promoções
  • Não observar limite de volume de transferências
  • Não verificar a data de validade das milhas bônus
  • Resgatar ponto de cartão fora de promoção
  • Deixar as milhas vencerem
  • Esquecer de pontuar quando viajar
  • Achar que pode gastar mais porque está acumulando mais
  • Não fazer as contas se é melhor consumir com milhas ou dinheiro
  • Não se cadastrar nas promoções

Dica importante: fazer o básico bem feito já vai te ajudar a gerar muitas milhas

Bônus: 5 Perguntas e Respostas

1.Compras no cartão de débito também acumulam milhas?

Não, apenas compras no crédito acumulam pontos. Mesmo assim, você precisa garantir que seu cartão e banco estão acumulando pontos de fato. O melhor é confirmar com o seu gerente.

2. É possível reativar milhas expiradas?

Sim, mas você vai precisar pagar por isso. De vez em quando as companhias fazem promoções para reativar milhas com preço mais barato ou com bônus de milhas reativadas. Neste caso, mesmo pagando, ainda costuma valer a pena.

3. Consigo Centralizar todas as minhas milhas num só lugar ?

Não, cada programa de fidelidade é independente e tem suas próprias regras. Por isso, não é possível transferir pontos de um para o outro. O recomendado, nesse caso, é escolher poucos programas para acumular seus pontos. 

4. É seguro vender e comprar milhas?

Se feito via uma plataforma confiável, sim. Se feito por meio de plataformas muito pequenas ou diretamente com outras pessoas que você não conhece, a chance de fraude/golpe é alta. Sempre recomendo o MaxMilhas pois é a maior plataforma do Brasil e eu, pessoalmente, só tive experiências boas com ela.

5. Posso resgatar meus pontos em dinheiro?

Não diretamente. Mas você pode vender as milhas e, com isso, gerar dinheiro.

Você conhece o Gabriel Mineiro?

Sobre o Autor

Entusiasta do mundo de milhas e programas de fidelidade.

Entrou nesse mundo de milhas para poder economizar um pouco com as viagens e acabou descobrindo as diversas possibilidades.

Antes mesmo de lançar o curso já ajudou dezenas de pessoas a descobrir esse mundo, a mudar seus hábitos de consumo, a viajar mais e a aproveitar todos os benefícios.